domingo, 20 de julho de 2014

Não sei de nada...



Eu queria dizer que te amo, sem ser vulgar, sei lá, algo diferente.



Apenas diga.



Mas não dá, não sinto sua necessidade de saber disto.



Como pode saber se não disser?



Já lhe dei tudo, já fizemos muito e não sei ainda. São seus olhos...



Meus olhos? 



Sim, eles não brilham. Não há luz em seu olhar. A iluminação dos amantes, entende?



Em qual galáxia você mora? Como quer brilho nos meus olhos com a crise mundial que está aí. Sabia que o Planeta Terra está atravessando um momento crítico?



Eu te amo, e só quero saber disto.



Você sabia que um avião comercial foi abatido por um míssil na Ucrânia?



Eu te amo, olha para mim.



E em Israel, viu a chacina de civis palestinos?



Eu te amo, olha.



Está a par das graves denúncias compartilhadas contra certo candidato?



Eu te amo...



Leu sobre as manipulações das pesquisas para favorecer interesses ocultos?



Eu te amo, para com isto...



Sabia que São Paulo, a maior cidade do país, está ficando sem água?



Eu te amo até o fim do mundo...



Leu que o Dunga foi convidado a assumir a seleção?



Ah, não! Aí não, aí vou chamar os blackblocs, o escambau, o Dunga não... o Dunga não...



É isto aí!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gratidão!