domingo, 17 de setembro de 2017

Villa-Lobos: Bachianas Brasileiras 4 - Orquesta Simón Bolívar & Roberto ...



Bachianas brasileiras é uma série de nove composições de Heitor Villa-Lobos escritas entre 1930 e 1945. Nesse conjunto, escrito para formações diversas, Villa-Lobos fundiu material folclórico brasileiro (em especial a música caipira) às formas pré-clássicas no estilo de Bach, intencionando construir uma versão brasileira dos Concertos de Brandemburgo. Esta homenagem a Bach também foi feita por compositores contemporâneos como Stravinski. Todos os movimentos das Bachianas, inclusive, receberam dois títulos: um bachiano, outro brasileiro.





São trechos famosos de Bachianas a Tocata (O Trenzinho do Caipira), quarto movimento das n° 2; a Ária (Cantilena), que abre as de n° 5; o Coral (O Canto do Sertão) e a Dança (Miudinho), ambos nas n° 4.





Bachianas brasileiras n° 4 para piano (1930-1941, tendo sido orquestrada em 1942):





Foi composta para piano a partir de 1930, mas estreada somente em 1939. Recebeu novo arranjo para orquestra em 1941, estreando em meados do ano seguinte. Esta obra contém quatro movimentos:





Prelúdio (Introdução) - Lento


Coral (Canto do Sertão) - Largo


Ária (Cantiga) - Moderato


Dança (Miudinho) - Muito animado





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gratidão!