quinta-feira, 12 de julho de 2018

Diálogos absurdos







Sabe que tem dia e hora que faltam os minutos, os segundos e os átimos? - indagou sem esperar resposta. Na realidade não queria respostas, nem conversar, nem abraçar, nem nada. Queria o momento para si. Olhei nos seus olhos e não a encontrei, devia estar no seu lugar seguro, um remoto paraíso secreto que só ela e os anjos sabem como chegar.





A mim falta o que ainda não descobri, mas esta imensa ausência deve haver de ser preenchida um dia - pensei comigo, por que dói de uma forma tão estranha, que se não for amor, é saudade.





É isto aí!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gratidão!